Single 'Sorry Not Sorry' leva Lovatics ao delírio

Por Juliana Benaspin

Enquanto alguns comemoram a chegada do inverno no reino, Demi Lovato esfrega a boa forma e talento em uma Cool for the Summer 2.0. Ontem (19) foi lançado nas redes o novo single da cantora.

Com um refrão recheado de volta por cima e como xs inimigxs devem estar sofrendo por vê-la no topo, Sorry not sorry conta com a presença de Jamie Foxx, Wiz Khalifa, Paris Hilton e muitas Bees americanas que exalam sensualidade e alegria. 
Mostrando mais uma vez porque é a rainha da comunidade gay, Demi apresenta um vídeo com muitas neon lights, vozerão e um hit que tem tudo pra bombar lá e aqui.

Assista o vídeo:

No final, ela mostra que mesmo xs destemidxs tem que respeitar algo. 
Foi um clipe divertido e que realçou a música, sem perder o glamour. Feito para os Lovatics com muito amor!

Star Trek: Sem Fronteiras estreia na Rede Telecine



A expectativa em torno do filme feito para celebrar os 50 anos de Jornada nas Estrelas era grande e Star Trek: Sem Fronteiras não decepciona. O longa, que poderá ser visto no Telecine Play e Telecine Premium, a partir de 22 de julho, faz parte do reboot lançado por J.J. Abrams, em 2009, e dá continuidade à saga da tripulação da Enterprise em sua missão de explorar o espaço. Além de contar com Chris Pine no papel do Capitão Kirk e Zachary Quinto como Spock, a produção dirigida pelo taiwanês Justin Lin avança ao trazer personagens femininos em posição de destaque, como Jaylah (Sofia Boutella), e ao representar a diversidade com Sr. Sulu (John Cho), que sai do armário.

Perdidos em um planeta desconhecido, o capitão Kirk (Chris Pine) e a sua equipe estão sob ameaça de Krall (Idris Elba), um inimigo misterioso que colocará à prova tudo o que a Federação representa. Para driblar o vilão, eles precisam se unir a Jaylah (Sofia Boutella), única aliada que encontram pelo caminho.

SERVIÇO
Star Trek: Sem Fronteiras (Star Trek Beyond)
Direção: Justin Lin.
Elenco: Chris Pine, Zachary Quinto e Simon Pegg.
EUA, 2016. Ação. 123 min. 12 anos.

Sessão Superestreia
Dia 22/7, sábado, às 22h, no Telecine Premium e no Telecine Play.
Dia 23/7, domingo, às 20h, no Telecine Pipoca.

Anima Mundi traz ao Brasil diretor da abertura de 'Game Of Thrones'



Para comemorar seus 25 anos, o Anima Mundi - segundo maior festival de animação do mundo - traz, além de uma extensa programação repleta do que há de melhor no universo da animação, uma lista de convidados especiais para dividirem suas experiências com o público. Entre os destaques deste ano, está Robert Feng, diretor de arte da premiada abertura da série ‘Game Of Thrones’.

Na programação do Anima Forum - o braço de negócios do festival -  Feng ministrará uma aula sobre a produção da célebre abertura. Ao longo da programação do Anima Mundi, o diretor também lança sua animação 'Rock Dog - No Faro do Sucesso', que narra as aventuras de Bodi, um Mastim tibetano e futuro cão de pastoreio, que vê seu destino mudar quando um rádio literalmente cai do céu e a lenda do rock Angus Scattergood desperta seu coração para a música.

Sobre Rob Feng:

Rob Feng é um premiado cineasta, que, atualmente, trabalha como produtor e diretor, mas seu estilo de narração foi moldado por suas diversas experiências que incluem seus trabalhos como diretor criativo, especialista em efeitos visuais, consultor de marketing de start-up, entre outras.
Em 2011, Rob ganhou o Prêmio Emmy por seu trabalho em 'Game of Thrones', da HBO e, em 2012, foi condecorado com  o prêmio Cinema Eye Honors  por seu trabalho no filme 'Tabloid', de Errol Morris.
Ele também dirigiu comerciais premiados em todo mundo, atuou como consultor criativo para a divisão de videogames  da 20th Century Fox's  e gerenciou o desenvolvimento e a implementação dodublab.com, uma estação de rádio online dedicada ao crescimento da música, das artes e da cultura.
Como produtor, Rob concluiu recentemente o personagem animado Rock Dog e está no processo de criação de um novo empreendimento, voltado para o financiamento e produção de longas-metragens.

 
Confira no site a  programação completa do festival.

SERVIÇO:

Sessão Rock Dog - No Faro do Sucesso

Rio de Janeiro:
Data: 23/07/2017
Hora: 14:00
Local: Cine Odeon - Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro
Endereço: Praça Floriano, 7 - Centro

São Paulo:
Data: 30/07/2017
Hora: 14:00
Local: Caixa Belas Artes - Sala Candido Portinari
Endereço: R. da Consolação, 2423 - Consolação

Masterclass Robert Feng - Anima Forum

Rio de Janeiro
Data: 21 de julho - sexta-feira
Horário: 10:00 às 13:00
Local: CRAB – Centro SEBRAE de Referência do Artesanato Brasileiro
Endereço: Praça Tiradentes, 67
Preço: Pacote completo: 540,00 | Diária: 200,00

São Paulo
Data: 26 de julho - quarta-feira
Horário: 10:00 às 13:00
Local: SENAC São Paulo
Endereço: Rua Doutor Vila Nova, 228
Preço: Pacote completo: 420,00 | Diária: 180,00

A temporada 3 de Narcos estreia em 1º de setembro na Netflix

Foram divulgadas as primeiras imagens do Cartel de Cali e o anúncio oficial da data de estreia para a temporada 3 deNarcos, que estreia mundialmente na Netflix em 1º de setembro.

"Agente Peña, quanto você conhece sobre o Cartel de Cali?"
Em um mundo pós-Pablo Escobar, as palavras finais ditas na segunda temporada da série original Netflix,Narcos, foram um prenúncio do pivô da nova temporada sobre o mundo corrupto, poderoso e altamente lucrativo do Cartel de Cali, na Colômbia - os maiores chefões do tráfico sobre os quais você, provavelmente, nunca ouviu falar.  








Narcos - Temporada 3 - Sinopse:
Agora que a caçada sangrenta por Pablo Escobar terminou, o DEA volta sua atenção à organização do tráfico de drogas mais rica do mundo: o Cartel de Cali. Liderado por quatro poderosos chefões, este cartel opera de forma bem diferente do de Escobar, preferindo subornar oficiais do governo e manter suas ações violentas longe das manchetes.

Conheça os Reis:

  • Gilberto Rodriguez Orejuela (Damian Alcazar) - líder do Cartel de Cali, “chefe dos chefes”.
  • Miguel Rodriguez Orejuela (Francisco Denis) - o cérebro por trás da ascensão do Cartel de Cali, irmão de Gilberto.
  • Pacho Herrera (Alberto Ammann) - o assassino introvertido, cuida da conexão mexicana do cartel e da distribuição internacional.
  • Chepe Santacruz Londono (Pepe Rapazote) – chefia o império-satélite de Nova York da rede de drogas colombiana.
Assim que Gilberto anuncia um plano ousado para sair dos negócios, o agente Javier Peña (Pedro Pascal), do DEA, pede a ajuda dos oficiais da lei norte-americanos e colombianos para derrubá-lo. Esta temporada abre um mundo complexo de novos personagens implacáveis.
Novos personagens do elenco:
  • Jorge Salcedo (Matias Varela) - Chefe da segurança do cartel, que prioriza a proteção de sua mulher e filho sobre a de seus patrões.
  • Agentes do DEA Chris Feistl (Michael Stahl-David) e Daniel Van Ness (Matt Whelan), que entram na operação com entusiasmo e inexperiência.
  • Franklin Jurado (Miguel Angel Silvestre) - o lavador de dinheiro do cartel, que inadvertidamente coloca sua mulher, Christina (Kerry Bishe) em perigo mortal.
  • David Rodriguez (Arturo Castro) - Filho mais velho de Miguel, a princípio relutante em assumir um cargo de liderança na estrutura do cartel.

Dessa vez todas as regras mudaram para os narcos e seus oponentes – um fato que muitos perceberão quando for tarde demais.

CRÍTICA | ‘Carros 3’ traz mensagens sobre superação, lembranças e motivação

Mais um filme da franquia ‘Carros’, da Disney Pixar, estreia nos cinemas. Após a decepção do segundo filme, por não ter agradado nem os fãs e nem a crítica, o estúdio de animação apostou em temas maduros sem perder a essência do público infantil. O primeiro filme foi lançado em 2006, e após 11 anos, a produção explora o lado mais adulto do personagem tendo que encarar os desafios do envelhecimento.
O Relâmpago McQueen, corredor veterano, e com carreira vitoriosa na Copa Pistão, se depara com novos carros experientes e mais ágeis. A situação inesperada, o faz refletir seriamente em se aposentar. Com o apoio dos amigos, ele reluta contra a ideia e decidi prolongar a carreira. Para isso, McQueen é colocado em um centro de treinamento ultramoderno e também contrata uma nova treinadora, Cruz Ramirez, que o ajuda com atividades e corridas. O rival da trama, Jackson Storm, é um carro presunçoso e todo tecnológico, que não contava com o preparo especial de McQueen. A disputa entre os dois promete aumentar a adrenalina na corrida final, além de surpresas e uma reviravolta na prova.
Em Carros 3, o sentimento nostálgico está presenta na história em vários momentos, principalmente nas cenas do mentor Doc Hudson, maior inspirador de McQueen. Através das lembranças, ele encontra forças para não desistir da carreira no automobilismo e encara o desafio de correr  nas 500 milhas da Califórnia , o que pode ser para ele um sucesso ou um grande fracasso.
Quantos aos efeitos animados, a qualidade é excelente, somos presenteados com o ótimo jogo de cores. O design está incrível! Na cena da corrida final, por exemplo, a pista parece com a que ocorre corridas de Fórmula 1, um show de grafismo!
A dublagem brasileira conta com as vozes dos Youtubers Nah Cardoso e Rezendeevil, o piloto de Fórmula 1 Rubens Barrichello, a modelo e atriz Giovana Ewbank, a jornalista esportiva Fernanda Gentil e os narradores da ESPN Everaldo Marques e Romulo Mendonça.
Carros 3  traz mensagens sobre superação, lembranças e motivação. O filme destaca momentos emocionantes e divertidos.  Vale pena assistir com a família.

FICHA TÉCNICA:
Título original: Cars 3
Direção: Brian Fee
Distribuição: Disney
Data de estreia: qui, 13/07/17
País: Estados Unidos
Gênero: animação
Ano de produção: 2015
Classificação: Livre
3D / Dolby Atmos

Crítica | Dragonstone (GoT - 7x01) - A boa filha a casa torna...


Por: Juliana Benaspin

Com uma estreia mundial aguardada ansiosamente pelos fãs da série, Game of Thrones contou com cenas emocionantes, com disputas políticas e questionamentos religiosos que ainda não foram digeridas pela escritora que vos fala.

Cuidado!!!!!!!!!



Iniciando com a ascensão de Arya Stark como Ninguém, vemos a morte dos Frey e como o inverno será cruel com aqueles que tiveram “bonança” no longo verão. O amadurecimento da mais nova lady da família Stark era aguardado desde a cena  da morte de Ned.



Ainda com a presença dela, temos a participação especial que movimentou as redes sociais alguns meses atrás. Ed Sheeran é um soldado Lannister que está tentando voltar para casa com alguns outros homens e, em uma cena simples e sem muitas falas, descobrimos que a lista de Arya continua viva e que estamos muito próximos de vê-la concretizar a morte da atual rainha de Westeros, Cersei Lannister, primeira de seu nome, rainha dos Ândalos, blá-blá-blá... Vale também notar que há uma reflexão sobre quem herda os erros de seus pais e superiores em duas cenas dessa nova estreia. Uma é protagonizada por Arya e outra pelo novo rei do Norte, Jon Snow.



Jon mesmo sendo traído e abandonado pelos companheiros entende que não devemos julgar pessoas além daquelas que tomam a decisão. Ele perdoa casas que antes se voltaram contra a família Stark mesmo que a opinião de Sansa seja contrária. Não prefiro comentar sobre esse embate porque Jon é sempre um personagem que excede as expectativas. Ele nunca segue o caminho que eu penso que deveria seguir. E creio que isso é bom em alguns momentos da construção do enredo.

O segundo momento que chamou a atenção foi a presença de Sandor Clegane, o Perdigueiro - para os íntimos - e Beric Dondarrion. Qual a função dele com um dos maiores sacerdotes do fogo? Por que os deuses o escolheram?



Vemos uma personagem mais humanizada e com um passado que o marcou não só fisicamente, mas não foi definitivo na construção do caráter. Depois de sobreviver à separação de Arya, Clegane parece ter criado um coração com calor o suficiente para enterrar os mortos. O momento que entendi quem eram os mortos na pequena cabana, sentimos um aperto que fará muitos homens suarem pelos olhos.

Falando nas benditas lágrimas derramadas pela estreia, o que foi DAENY CHEGANDO EM CASA????



Eu precisei de muitos momentos pós cena para me acalmar e manter a estrutura emocional. Sabemos que tudo que a última Targaryen (conhecida pelo público) conhece de sua terra natal e da casa que um dia seus pais chamaram de sua, é através de histórias contadas por Viserys. Os sentimentos de saudosismo, reconhecimento, triunfo, dor e fúria ficaram claros com a atuação magnífica de Emilia Clarke, intérprete de Daenerys Targaryen. Palavras não foram necessárias, mas terminar com um SHALL WE BEGIN??????

Clarooooo!!!! Com certeza!!!!!! Se não for pra tomar tudo de volta, eu nem atravesso o mar Estreito!!!!!!!!!!!

Foi divino, foi emocionante, foi esplêndido. Não sei o que os outros fãs estão pensando, mas eu simplesmente adorei.
A sonoplastia surpreendeu com os preenchimentos corretos, provocando arrepios durante as cenas mais radicais. A nova versão da música Ice and Fire que toca nas cenas finais já está sendo procurada para virar ringtone. A fotografia das localidades impressionou. Os caminhantes brancos – que não tiveram muito destaque, porém foram introduzidos de maneira inteligentíssima – não nos deixam esquecer quem é o verdadeiro inimigo.

As mulheres são o destaque para essa reta final da série. Temos personagens decididas e fortes espalhadas por toda Westeros e que definitivamente levarão o jogo dos Tronos a outro nível.



Para os fãs de Harry Potter, além da presença de David Bradley – o mal encarado inspetor Filch – como Walder Frey, temos Jim Broadbent como o Grande Meistre da Cidadela. Ele encena um momento crucial com Sam Tarly, explicando porque Sam ainda não deve ter acesso à área restrita da grande Biblioteca. Vemos como os sábios não se preocupam tanto com a iminente guerra contra os reis da Noite. Mas se teve alguma coisa que Samuel Tarly aprendeu nessa vida é seguir os instintos. Com ele, descobrimos uma grande fortaleza repleta de Obsidiana – vidro de Dragão, única arma possível de matar os vagantes. Vale a pena prestar atenção na caminhada de Sam. Temos um aliado que não pode ser esquecido, pois seu papel na trama ainda não foi bem determinado. E aí? Quem notou?

Sei que aguardar seis dias para Stormborn não vai ser nada comparado à espera de 386 dias, mas quem é que está contando, não é mesmo?!


Confira o primeiro trailer de ‘Uma Dobra no Tempo’


A Disney divulgou o primeiro trailer de ‘Uma Dobra no Tempo’, durante a D23. O longa é dirigido por Ava DuVernay. O elenco conta com Chris Pine, Storm Reid, Oprah Winfrey e Reese Witherspoon.

Assista:


Sinopse: Uma cientista e seus filhos vivem sozinhos há muito tempo, desde que o patriarca, o físico Murry, sumiu misteriosamente. Certo dia, a enigmática Sra. Queé, usando sobretudo peludo e cachecol rosa-shocking, aparece com informações sobre o paradeiro de Murry e a família parte numa viagem que desafia as leis do espaço-tempo.

Uma Dobra no Tempo  estreia dia 9 de março de 2018.

‘Amityville: O Despertar' ganha primeiro pôster oficial

Com distribuição nacional Paris Filmes, “Amityville: O Despertar” ganha primeiro pôster. A trama apresenta a jovem Belle (Bella Thorne) disposta a desvendar os mistérios que envolvem a mítica casa para qual se mudou com sua família. Com o destino de sua mãe e seus irmãos em jogo, o bem e o mal colidem numa atmosfera de suspense onde apenas Belle é capaz de defender sua família de uma força sobrenatural. 

Confira:



Como estreia nacional agendada para 31 de agosto, o elenco reuni ainda a jovem atriz Mckenna Grace, que estampa o cartaz oficial da produção, além de Cameron Monaghan, Jennifer Jason Leigh, Jennifer Morrison, Thomas Mann e Kurtwood Smith.

Netflix divulga trailer oficial de Ozark


A nova série original Netflix, Ozark, estreia mundialmente em 21 de julho. A plataforma divulgou o trailer da série estrelado pelo ator Jason Bateman.

Confira:



Sinopse:
Um consultor financeiro de Chicago, que tem secretamente lavado dinheiro para um chefão das drogas, deverá rapidamente se mudar com seus filhos e mover a operação para a região dos Ozarks, após seu sócio ser flagrado trapaceando nos negócios. Lá ele arruma problemas tanto com o traficante de drogas local, cujo negócio ele interrompe sem ter a intenção, como também com um clã de bandidos, liderado pela sobrinha de 19 anos, que quer seu dinheiro - enquanto tenta evitar as investidas de um persistente agente do FBI. Ele deverá completar a lavagem de dinheiro para salvar a vida de sua família, enquanto eles lutam para encontrar seu próprio caminho neste modo de vida quase estrangeiro.

Além de Jason Bateman, o elenco conta com: Laura Linney, Sofia Hublitz, Skylar Gaertner, Julia Garner, Jordana Spiro, Jason Butler Harner, Esai Morales, Peter Mullan e Lisa Emery. Dirigida por Jason Bateman, Daniel Sackheim, Ellen Kuras e Andrew Bernstein. 

Crítica | Homem Aranha: de Volta ao Lar – além do heroísmo da puberdade



Por Juliana Benaspin

No longa metragem que inicia uma nova era para o aracnídeo mais amado das telonas, encontramos com Peter Parker, aos 15 anos, enfrentando a pressão dos novos poderes, o amor platônico por uma colega de escola e a expectativa de voltar a trabalhar com os Vingadores.

O filme inicia-se oito anos no passado, logo após a primeira aparição de alienígenas Chitauri no centro de Nova York. Visita essa que mudou a vida de muitas pessoas, principalmente de Adrian Toomes, o Abutre. Com o uso da tecnologia avançada proveniente das armas Chitauri, Toomes constrói um império no submundo das armas. Voltando aos dias atuais, Peter depara-se com a euforia de ter lutado contra o Capitão América e começa a se comportar de forma estranha. Surpreendido pelo melhor amigo, Ned, Peter tem seus poderes revelados e agora conta com a (nem tanta) ajuda do nerd.

Algumas más decisões fazem Tony Stark pegar de volta o uniforme/armadura que Parker utilizava nas noites de Nova York, contudo o Homem Aranha não pode descansar enquanto um novo mal superperigoso assola as ruas de sua querida cidade.

Cena clássica. Homem Aranha usa a força pra salvar o máximo de vidas que puder.

Após descobrir o esquema que o Abutre planeja, Peter o detém e salva, mas acaba tendo sua identidade revelada a esse vilão que fica mos sem saber se é do maligno ou apenas resultado das circunstâncias desesperadoras da vida. Estrelando a cena extra, Abutre deixa-nos com uma dúvida que está me corroendo.

O filme é divertido, bem animado, com cenas 3D incríveis e personagens que cumprem bem o seu papel. As cenas de ação com Karen são as melhores e renderam muitas risadas, achei que esse longa teve a mesma pegada humorística de Deadpool. Contudo, nós assistimos um Espetacular Homem Aranha que era maduro e entendia o peso da responsabilidade que seus poderes trouxeram, na atual trilogia, vemos a imaturidade e despreparo de Peter Parker como adolescente para lidar com essas mesmas responsabilidades. Ele continua sendo um garoto inteligente, mas não nos passa aquele desejo de orgulhar o tio Ben.


Aliás, essa fase da Tia May sendo jovem, bela e gostosa é totalmente desnecessária. A atuação de Marisa Tomei é impecável, mas não diz pra que veio. Posso dizer o mesmo de Zendaya. Um grande nome que achei desperdiçado o filme inteiro.

Com certeza quem rouba a cena é Jacob Batalon, que encena o Ned Leeds. Ele é inocente, cheio de boas intenções e só deixa o melhor amigo em mais confusões do que se atuasse sozinho.



A presença de Happy e outra pessoa (não vou dar esse spoiler né?!) me agradaram muito, pois demonstram que Tony Stark tem um plano maior para essa nova fase dos Vingadores que inclui o Aranha. O Universo Cinematográfico está chegando à reta final e Homem Aranha: Homecoming é o link para a fase mais barra pesada e destruidora que o Vingadores irão enfrentar. Sabe a brisa fresca antes da tempestade? Pois é... Espero estar viva pra presenciar esse final que tem tudo pra ser épico.



Ficha Técnica
Homem Aranha Homecoming
Elenco: Tom Holland, Robert Downey Jr., Zendaya, Jacob BAtalon, Marisa Tomei, Michael Keaton, Jennifer Connely
Gênero: aventura, ação
País: EUA
Duração: 118 min.


‘Death Note: Iluminando um Novo Mundo’ chega ao Brasil com exclusividade pela Cinemark



Após o sucesso de “Ghost In The Shell”, a Rede Cinemark traz mais um conteúdo exclusivo do universo dos animes e mangás: “Death Note: Iluminando um Novo Mundo”. O novo longa da trilogia japonesa será exibido somente dia 2 de agosto, às 20h30. 

O live–action integra a programação de complexos da Rede nas cidades do Rio de Janeiro (Botafogo e Downtown); Niterói; Aracajú; Belo Horizonte (Pátio Savassi); Brasília (Pier 21);Campinas; Campo Grande;Cuiabá (Goiabeiras); Curitiba (Park Shopping Barigui); Natal (Midway Mall); Porto Alegre (Barra Shopping Sul); Recife (RioMar); Salvador; Santo André (Atrium Shopping); São Caetano e Vitória.

Os ingressos podem ser adquiridos no site da Rede (www.cinemark.com.br) ou nas bilheterias dos cinemas participantes. Os valores são R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). Os clientes que possuem o cartão Cinemark Mania ganham 50% de desconto na compra de um ingresso.

Sobre o filme: Dez anos se passaram desde a batalha final entre Light e "L" . A Força-Tarefa Death Note, originalmente criada pelo policial Soichiro Yagami, é reintegrada. Com Light morto, a Força-Tarefa é composta de cinco investigadores, incluindo Mikami - experiente no assunto Death Note - e Matsuda, único do grupo original. Shibuya, Wall Street e Rússia estão em alerta máximo, com novos assassinatos feitos pelo Death Note. Um investigador privado de renome mundial e considerado um sucessor de "L", Ryuzaki se junta à Força-Tarefa e descobre que há seis Death Notes espalhados pelo mundo.

Serviço:
Data: 2 de agosto
Horário:
20:30 - “Death Note: Iluminando um Novo Mundo”
Preços:
R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) – “Death Note: Iluminando um Novo Mundo”
Classificação Indicativa: 12 anos

Complexos participantes:

Aracaju (SE)
Shopping Jardins - Av. Ministro Geraldo Barreto Sobral, 215

Belo Horizonte (MG)
Pátio Savassi - Av. do Contorno, 6061

Brasília (DF)
Pier 21 - S.C.E. Sul, Trecho 2

Campinas (SP)
Iguatemi Campinas - Av. Iguatemi, 777

Campo Grande (MS)
Shopping Campo Grande - Av. Afonso Pena, 4909

Cuiabá (MT)
Goiabeiras Shopping – Av. José Monteiro de Figueiredo, 500

Curitiba (PR)
ParkShopping Barigui – Rua Pedro Viriato Parigot de Souza, 600

Natal (RN)
Midway Mall Natal - Av. Bernardo Vieira, 3775

Niterói (RJ)
Plaza Shopping Niterói – Rua XV de Novembro, 8

Porto Alegre (RS)
Barra Shopping Sul - Av. Diário de Notícias, 300

Recife (PE)
RioMar – Av. República do Líbano, s/nº

Rio de Janeiro (RJ)
Botafogo Praia Shopping – Praia de Botafogo, 400
Downtown - Av. das Américas,500

Salvador (BA)
Salvador Shopping – Av. Tancredo Neves, 2915

Santo André (SP)
Atrium Shopping - Rua Giovanni Battista Pirelli, 155

São Caetano do Sul (SP)
ParkShopping São Caetano - Alameda Terracota, 545

Vitória (ES)
Shopping Vitória –Av. Américo Buaiz, 200

Jigsaw | Divulgado o primeiro pôster do oitavo filme da franquia ‘Jogos Mortais’




Via: Blah Cultural

A Lionsgate divulgou o primeiro pôster promocional de Jigsaw, oitavo filme da franquia Jogos Mortais.
Jigsaw traz no elenco Laura Vandervoort (BittenSmallville) e Hannah Anderson (A Arma de Lizzie Borden) e está previsto para chegar aos cinemas em outubro.
Antes, o lfilme tinha o título Saw: Legacy (Jogos Mortais: O Legado) e foi recentemente rebatizado em referência ao vilão da série cinematográfica.
Confira o primeiro cartaz da produção.

O longa está previsto para chegar aos cinemas no final de outubro.

Emanuelle Araújo será Gretchen em ‘Bingo – O Rei das Manhãs’


Dirigido por Daniel Rezende, produzido por Gullane em coprodução com Warner Bros. Pictures e em associação com Empyrean, Bingo – O Rei das Manhãs é uma viagem nostálgica e divertida, repleta de ironia e humor ácido, à cultura pop da televisão brasileira dos anos 80. Além de contar a história de Augusto (Vladimir Brichta), inspirado na vida do ator Arlindo Barreto, o filme também conta com a cantora Gretchen, interpretada por Emanuelle Araújo.
Confira o trailer:

Em uma das cenas do filme, Gretchen (Emanuelle) participa do programa do palhaço Bingo cantando Conga, Conga, Conga, um dos clássicos musicais do período. As fotos divulgadas e o trailer para maiores (link abaixo) dão um aperitivo do trabalho realizado por Emanuelle Araújo no longa.

ANIMA MUNDI celebra 25 anos no centenário da animação brasileira


O festival que qualifica o curta vencedor para a disputa pelo Oscar® apresenta em julho, no Rio e em São Paulo, 470 filmes de 45 países


 
No centenário da animação brasileira, o Anima Mundi completa 25 anos repleto de motivos para comemorar. Com uma programação especialíssima, convidados internacionais de peso e a retomada de suas aguardadas oficinas, o festival apresenta em julho um panorama com o que há de melhor nomundo nos mais diversos gêneros da animação. Nas sessões oficiais são 345 produções de 45 países, entre elas 70 nacionais – mas contando com as mostras especiais e retrospectivas, o número chega a 470 títulos. Realizado desde 1993 pelos animadores Aída QueirozCesar CoelhoLéa Zagury eMarcos Magalhães, o Anima Mundi é a principal plataforma de fomento à animação do país e responsável pela formação de toda uma geração de realizadores e de um público apaixonado, que todo ano lota salas de cinema e espaços do Rio e de São Paulo para assistir a curtas e longas adultos e infantis, dos mais variados temas, técnicas e origens.

Consagrado como um dos mais importantes festivais internacionais de animação, o Anima Mundi 2017 aporta no Rio de Janeiro de 14 a 23 de julho e, em São Paulo, de 26 a 30 de julho. No Rio, vai ocupar o Centro, no Cine Odeon - Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro, Espaço Cultural BNDES, Centro Cultural Justiça Federal, Cinemateca do MAM, Centro Cultural dos Correios e Centro Cultural do Banco do Brasil, que abrigou a primeira edição do Anima Mundi. Em São Paulo, será realizado na Caixa Belas Artes, Centro Cultural Banco do Brasil, Centro Cultural São Paulo, Cinemateca Brasileira e chega também às salas do Circuito Spcine, localizadas em todas as regiões de São Paulo.

As mostras competitivas reúnem 182 produções nas categorias Curta (82 títulos), Curta Infantil (49),Longa-Metragem (4), Longa-Metragem Infantil (3), Galeria (20 filmes experimentais) e Portfólio (24 filmes publicitários ou feitos sob encomenda). O Anima Mundi é qualificado pela Academy of Motion Pictures Arts and Sciences (Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos EUA) e o curta vencedor do Grande Prêmio Anima Mundi é selecionado para a disputa do Oscar®. O festival realiza cerimônias de premiação no Rio e em São Paulo.

As mostras não-competitivas são Panorama (curtas internacionais que apresentam diversas tendências dentro da animação), Animação em Curso (trabalhos finais das melhores escolas de animação domundo), Olho Neles! (curtas nacionais que merecem atenção) e Futuro Animador (filmes que utilizam as linguagens da animação para experiências educativas). A programação do Anima Mundi traz também palestras e bate-papos para profissionais, amadores e amantes da animação, além do Estúdio Aberto, com as tradicionais oficinas. Crianças e adultos poderão experimentar como é criar imagens animadas como as exibidas nas sessões do festival. Nesta edição, as técnicas apresentadas são pixilation e zootrópio.

Entre os destaques da edição 2017 estão as Sessões Petrobras, patrocinadora do Anima Mundi desde 1977, apresentando os filmes que foram premiados nos 25 anos do festival; uma retrospectiva dos cem anos da animação brasileira; além do Foco Canadá, que contempla uma mostra com quatro sessões especiais incluindo produções do National Film Board para crianças e adultos e um documentário sobre o célebre Norman McLaren.

A exposição interativa Flora, do artista multimídia alemão Philipp Artus, apresenta animações experimentais que exploram as manifestações da vida através dos movimentos, criando formas que se assemelham à aparência de plantas. O público pode controlar interativamente a animação com umtouchpad, e assim projetar novos padrões. No Rio, Flora estará na Casa França Brasil e em São Paulo, no Centro Cultural São Paulo  (CCSP).

Para as crianças - São três longas infantis na programação deste ano: Barkley, de Li-Wei Chiu (Taiwan); The Oddsockeaters, de Galina Miklínová (República Tcheca/Eslováquia); e Pixi Post and the Gift-Bringers, de Gorka Sesma (Espanha). Além de 49 curtas-metragens de todos os cantos do planeta, haverá a exibição de episódios inéditos da segunda temporada da série de animação Irmão do Jorel, do Cartoon Network, com participação do criador, Juliano Enrico. Em São Paulo, o Anima Mundi traz também o pré-lançamento do longa Lino, com o making of da animação da Fox Films que estreia em setembro no Brasil. O filme narra as agruras de um azarado animador de festas e conta com as vozes dos atores Selton Mello, Paolla Oliveira e Dira Paes.

Para o público adulto - Os aguardados longas-metragens são Pequeños Heroes (Venezuela), sobre três crianças que ajudam Simon Bolívar em sua luta pela liberdade, com direção de Juan Pablo Buscarini (um dos produtores do sucesso do cinema argentino Um Conto Chinês); Ethel and Ernest, de Roger Mainwood (Reino Unido/Luxemburgo), desenhado a mão e dirigido por Roger Mainwood, que faz um retrato íntimo do estilo de vida londrino de seus pais; e o delicado Window Horses, de Ann Marie Fleming (Canadá), que conta a história de uma jovem poetisa canadense com pais chineses e persas que viaja até o Irã para se apresentar em um festival de poesia. Do Brasil, serão exibidos curtas esperados como Sob o Véu da Vida Oceânica, de Quico Meirelles; Em Crise, de Amir Admoni; Mundode Wander, de Lisandro Santos; Finito, de Mauricio Bartok Ruiz, entre muitos outros.

Papos Animados - Além da exibição dos filmes, o Anima Mundi promove os ‘Papos Animados’, que reúnem conversas com grandes diretores de animação do Brasil e do mundo. Este ano, entre os convidados, está o holandês Michael Dudok, vencedor do Oscar de melhor curta de animação pelo filme Father and Daughter, em 2001. Além da estatueta, ele acumula um prêmio César para melhor curta-metragem de animação e uma indicação ao Oscar, com The Monk and the Fish (1994). Dudok, vencedor do prêmio de melhor longa do Anima Mundi 2016, no Rio e em SP, também foi indicado, no mesmo ano, ao Oscar por The Red TurtleRobert Valley, indicado ao Oscar pelo filme Pear Cider and Cigarretes (2017), apresenta sua marcante linguagem de HQ e videoclipes de bandas como Gorillaz e Metallica.Também estarão presentes o diretor uruguaio Walter Tournier, premiado em diversos países com os filmes  El jefe y el Carpintero, Caribbean ChristmasA pesar de Todo, entre outros; o búlgaroTheodore Ushev, que teve seu filme Blind Vaysha premiado como melhor roteiro da edição de 2016 noAnima Mundi e, em 2017, foi indicado ao Oscar de melhor curta de animação; e o brasileiro Guilherme Alvernaz, filho do animador Ruy Perotti – um dos pioneiros da animação nacional – e sócio na produtora Oca Filmes, que participa do papo “Família Perotti – três gerações de animadores”, que reúne pai e filho, além do irmão, Bruno Avila Barbosa.

Maratona Animada SENAI – O Anima Mundi, em parceria com o SENAI, lança um desafio criativo para um grupo de animadores previamente inscritos. Eles precisam desenvolver um curta-metragem em sete dias contendo tema e elemento obrigatório escolhido pelo festival. As produções vão ser avaliadas por um júri técnico nos quesitos animação, roteiro, arte, edição e som. Os três filmes finalistas serão exibidos no encerramento do Anima Mundi. A equipe vencedora ganhará R$ 5 mil, além de bolsas de estudo para cursos de animação do SENAI.

Circuito SPcine – Nesta edição, o Anima Mundi chega também às salas do Circuito Spcine através da maior rede de salas públicas de cinema do Brasil. O Festival estará presente nas salas SPcine Olindo, SPcine Roberto Santos, SPcine Cidade Tiradentes e nos CEUs. Serão exibidas cerca de 50 produções de diversos países como Rússia, Alemanha, Hungria, Brasil, Lituânia, Irlanda e Israel.

Curadoria - Desde 1993, Aída, Cesar, Lea e Marcos têm a árdua, mas feliz missão de realizar a curadoria de todas as mostras do Anima Mundi, selecionando entre milhares de títulos (este ano foram 1200 inscritos) as melhores produções. E identificam temáticas surpreendentemente comuns a países de culturas completamente diversas. “Este ano temos muitos curtas internacionais que retratam realidades distópicas e, fazendo um contraponto interessante, outros tantos sobre relações familiares e maternidade”, observa Aída Queiroz.

Lea Zagury conta que o festival é uma oportunidade de conhecer as diferentes maneiras pelas quais artistas de vários cantos do mundo se expressam através da animação, com uma enorme variedade de temas e técnicas. Além disso há a chance de debater com os autores presentes no Papo Animado, onde eles relatam suas experiências pessoais e profissionais com a animação

Para Marcos Magalhães, a animação extrapola o conceito de arte: “É uma linguagem. E aqui temos a oportunidade de apresentar filmes que expressam essa linguagem das mais variadas formas, promovendo o encontro dos animadores com seu público”, diz Marcos. Este ano serão exibidas produções de todos os continentes, em stop motion, a animação em 2D e 3D, filmagens ao vivo, desenho direto na película e técnicas mistas.

Cesar Coelho destaca a importância do Anima Mundi na formação do mercado de animação do Brasil. “Quando começamos, tínhamos esse sonho e hoje vemos uma geração inteira de animadores que cresceu com o Anima Mundi nesses 25 anos. Temos um mercado e uma produção consistente. Continuamos na missão de formar não só plateias como profissionais e há 12 anos realizamos o AnimaForum, um dos braços mais importantes do Anima Mundi.”

Anima Forum 2017 - Pensado também para os profissionais do ramo, o Anima Forum promoverá 17 palestras e mesas redondas no Rio de Janeiro (de 19 a 21 de julho no CRAB) e São Paulo (de 26 a 28 de julho, no SENAC), além de master classes voltadas para os interessados no mercado de animação. Entre os convidados, Robert Feng, diretor de arte da premiada abertura da série Game Of Thrones, que lançará sua nova animação durante o festival e ministrará uma aula sobre a produção da célebre abertura. Outras masterclasses serão ministradas por Robert Valley, que revela seu processo criativo, dos quadrinhos à animação; e Walter Tournier, mestre do stop motion uruguaio, que conta como é possível produzir filmes em stop motion com baixo orçamento. 

As mesas redondas, sempre muito concorridas, abordam diversos assuntos relevantes ao universo daanimação. No Rio, alguns temas de debate são “Youtube como vitrine para a animação brasileira”, “Branded Content – Uma alternativa para produções de animação” e “Atravessando a fronteira –Animação e Games”. Palestrantes de peso também estarão presentes no Anima Forum: Juliano Enrico, criador e diretor de “Irmão do Jorel”, relata o processo de criação à exibição da série; Rachel do Valle, gerente executiva da Brazilian Content/BRAVI, aborda as oportunidades para a animação brasileira entre Brasil e Inglaterra; e André Scucato, analista técnico audiovisual da FIRJAN, comenta as novas tecnologias da imagem presentes atualmente no mercado, como vídeo 360, realidade virtual e realidade aumentada.

Em São Paulo os temas das mesas redondas são “Dando vida aos personagens – Como criamos as vozes originais do Irmão do Jorel”, “Mecanismos de financiamento à animação” e “Atravessando a fronteira – animação e games”. “Criação e produção de trilha sonora para longa-metragem e séries deanimação”, “Primeira Vista – ‘Tito e os Pássaros’” e “Tratado Brasil-Inglaterra: oportunidades para aanimação brasileira” são os assuntos abordados nas palestras.

Ainda dentro da programação do Forum, o Anima Business é dedicado ao intercâmbio entre produtores e compradores, e o Anima Coaching seleciona projetos para que produtores recebam orientação de profissionais sobre como inseri-lo no mercado.

Cursos e Oficinas - Ao longo de todo ano, a plataforma Anima Mundi oferece cursos em sua sede, em Botafogo (RJ), para interessados ou profissionais em animação. Entre as aulas oferecidas estão ateliê de desenho, curso de design de personagem, criação de bonecos para stop motion, entre outros. OAnima Mundi acredita na animação como fonte de conhecimento e desenvolvimento de habilidades essenciais para a futura vida profissional – e criativa – de crianças e jovens. Por isso, a plataforma comporta o projeto Anima Escola, que também oferece cursos e oficinas a professores e disseminadores da animação, para que estimulem, em sala de aula, a produção de filmes próprios. Ao longo de 16 anos, desde sua criação, o projeto já alcançou 2.700 professores e multiplicadores e 15.000 alunos já foram atendidos no Rio de Janeiro e em diversas regiões do Brasil, como Volta Redonda (RJ), Macaé (RJ), Niterói (RJ), Angra dos Reis (RJ), Campinas (SP), Suzano (SP) e outras.

Anima Itinerante - Como maior fomentador da animação no país, o Anima Mundi também promove edições itinerantes por diversos estados brasileiros. Este ano, já estão confirmadas passagens por Salvador, Belo Horizonte, Cuiabá, Rio Grande do Sul e Fortaleza.

Anima Mundi no Canal Brasil - Há sete anos o festival ganhou um espaço de destaque na TV com a faixa “Anima Mundi Brasil”, do Canal Brasil. As animações escolhidas mostram o que há de mais belo, moderno e interessante sendo produzido pela nova geração de talentos dos últimos anos. A série busca desvendar as diferentes abordagens da arte animada, suas mais diversas estéticas e formatos de produção.

25 ANOS DE ANIMA MUNDI

Rio de Janeiro: 14 a 23 de julho

Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro
Praça Floriano, 7 – Centro
Funcionamento: Terça a Domingo, das 11:30 às 22:00 | Informações: (21) 2240-1093
Ingressos: inteira R$10,00 e meia R$5,00

CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Primeiro de Março, 66 - Centro
Funcionamento: Quarta a Segunda, das 9:00 às 21:00 | Informações: 3808-2052 ou 3808-2049. Ingressos: inteira R$10,00 e meia R$5,00

CCJF - Centro Cultural da Justiça Federal
Av. Rio Branco, 241 – Centro
Funcionamento: Terça a Domingo, das 12:00 às 19:00| Informações: (21) 3261-2550
Ingressos: inteira R$10,00 e meia R$5,00. Inclui sessões gratuitas.

Espaço Cultural BNDES
Av. República do Chile, 100 – Centro
Funcionamento: Terça a Sexta, das 13:00 às 19:00 | Informações: (21) 2172-7447
Sessões gratuitas

Centro Cultural Correios
Rua Visconde de Itaboraí, 20 – Centro
Funcionamento: Quarta a Domingo, das 12:00 às 19:00| Informações: (21) 2219-5310
Ingressos: inteira R$10,00 e meia R$5,00. Inclui sessões gratuitas.

Casa França-Brasil
Rua Visconde de Itaboraí, 78 – Centro
Funcionamento: 10:00 às 22:00| Informações: (21) 2219-5310
Atividade na área externa

Cinemateca do MAM
Av. Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo
Funcionamento: Terça a Sexta, das 12:00 às 18:00. Sábado, domingo e feriado, das 11:00 às 18:00 | Informações: (21) 3883-5600
Sessões gratuitas


São Paulo: 26 a 30 de julho

Caixa Belas Artes
Rua da Consolação, 2423 – Consolação
Funcionamento: Quarta a Domingo, das 13:00 às 21:00 | Informações: (11) 2548-7553
Ingressos: inteira R$10,00 e meia R$5,00

CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Álvares Penteado, 112 - Centro
Funcionamento: Quarta a Segunda, das 9:00 às 21:00 | Informações: (11) 3113-3651
Ingressos: inteira R$10,00 e meia R$5,00

CCSP – Centro Cultural São Paulo
Rua Vergueiro, 1000 - Paraíso
Funcionamento: Terça a Domingo, das 10:00 às 22:00| Informações: (11) 3397-4002
Ingressos: inteira R$4,00 e meia R$2,00

Cinemateca Brasileira
Largo Sen. Raul Cardoso, 207 - Vila Clementino
Informações: (11) 3512-6111
Sessões gratuitas

Circuito SP Cine
Consulte endereços e horário de funcionamento no site: http://www.circuitospcine.com.br/
Ingressos: Sessões gratuitas

Centros Educacionais Unificados da Cidade de São Paulo (CEUs)
Consulte endereços e horário de funcionamento no site : http://portal.sme.prefeitura.sp.gov.br/Main/Page/PortalSMESP/CEUs--Enderecos
Ingressos: Sessões gratuitas

SESSÕES PÓS-FESTIVAL

CCBB Rio – Centro Cultural Banco do Brasil - 24 a 30/07
Rua Primeiro de Março, 66 - Centro
Funcionamento: Quarta a Segunda, das 9:00 às 21:00 | Informações: 3808-2052 ou 3808-2049. Ingressos: inteira R$10,00 e meia R$5,00

Centros Educacionais Unificados da Cidade de São Paulo (CEUs) – 27 e 30/07
Consulte informações no site : http://portal.sme.prefeitura.sp.gov.br/Main/Page/PortalSMESP/CEUs--Enderecos
Ingressos: Sessões gratuitas

CCBB São Paulo – Centro Cultural Banco do Brasil - 31/07
Rua Álvares Penteado, 112 - Centro
Funcionamento: Quarta a Segunda, das 9:00 às 21:00 | Informações: (11) 3113-3651
Ingressos: inteira R$10,00 e meia R$5,00

Circuito SP Cine – 5 e 6/08
Consulte informações no site: http://www.circuitospcine.com.br/
Ingressos: Sessões gratuitas

Cinemateca Capitólio Petrobras (Porto Alegre) – 10 a 13/08
Rua Demétrio Ribeiro, 1085 - Centro Histórico
Funcionamento : Teça a domingo, das 9 às 21h. Sábado, domingo e feriado, das 14h às21h. | Informações: (51) 3289 - 7458

CCBB Brasília – Centro Cultural Banco do Brasil – 5 a 12/10
SCES, Trecho 02, lote 22 - Brasília
Funcionamento: Terça a domingo, das 9h às 21h | Informações: (61) 3108-7600
Ingressos: inteira R$10,00 e meia R$5,00